PRECISAMOS DE FALAR

Polo: Quebramar. Calças: Mango. Ténis: Converse. Mala: Longchamp. 

Há algum tempo que não escrevo aqui. 

Se me perguntarem porquê, tanto posso responder honestamente que não sei como posso arranjar mil desculpas - todas elas credíveis e tão honestas como a primeira declaração. Podia desculpar-me com o ritmo acelerado que a minha vida tem tomado: acordar sistematicamente às oito da manhã para apenas adormecer às duas, hora em que o sistema nervoso consegue finalmente acalmar. Podia desculpar-me com os cinco trabalhos que já tive de entregar em apenas três semanas de aulas, ou com os livros que tenho de ler (e que estão todos a meio). 

Com a falta de tempo para os meus hobbies: mal tenho ouvido música, mal tenho visto vídeos no youtube ou lido blogs que dantes seguia atentamente; nem sequer consigo ter energia para ir às aulas de ballet ou sair à noite com as minhas amigas. A monotonia é lixada e cansativa: e a falta dela também. A minha vida tem sido tudo menos monótona. Cada dia é um novo dia e o único padrão que encontro é mesmo as horas tardias a que me deito e as insuportáveis manhãs a ressacar de sono na faculdade. 

No entanto, nem tudo é negativo. Apesar de terem sido semanas exaustivas, ajudaram-me a perceber o que realmente quero fazer, o que posso fazer com os conhecimentos que tenho e com que áreas me identifico realmente. Não estou a falar apenas ao que quero fazer aqui no blogue: falo também daquilo que quero fazer na vida. Quero escrever. Mas também quero escrever sobre algo com o qual me identifique mesmo. Daí achar que as minhas últimas publicações representam todas um bocado a confusão que estava a minha vida, a minha personalidade, as minhas ideias. Um misto de coisas aleatórias das quais ia falando: tudo coisas que me interessam, é certo; mas tudo coisas que não me definem como pessoa. 

Daí ter tomado algumas decisões em relação ao meu futuro a nível pessoal como ao futuro do blogue. Quero continuar a partilhar coisas por aqui, mas quero ser mais disciplinada em relação a isso. Quero sentir-me à vontade de partilhar os conteúdos que aqui disponibilizo com a minha família, os meus amigos, as pessoas que me rodeiam. Quero dar-me a conhecer e quero conhecer-me a mim mesma aos poucos, porque ainda estou a crescer e a descobrir o meu lugar no mundo. 

Com isto, a conclusão a que cheguei é que tenho de definir temas certos e coerentes para o blogue, não apenas despejar para aqui coisas que gosto "e pronto". Os blogues que sigo têm todos coisas interessantes para acrescentar à vida das pessoas que os lêem: seja aquela máscara de pestanas que as revira como se fosse um revirador, ou aquela banda com aquela música imperdível que toca no MEO Arena para a semana ou uma receita saudável que todos temos de experimentar. O meu blogue era apenas uma junção de tudo aquilo que eu gostaria de ser - porque eu própria ainda não sabia o que era (ou que posso de facto ser). Não me quero tornar confusa, por isso vou direta ao assunto. 

A calendarização das publicações vai ser a primeira coisa a mudar. Não vou apagar o que já escrevi aqui, pelo menos por agora. Adoro tudo aquilo sobre o que escrevi e acho que não faz sentido nenhum apagar a minha "primeira tentativa" - ninguém nasce ensinado e só erra quem tenta fazer alguma coisa. Mas os dias que defini primeiramente já não os que fazem sentido para o ritmo da minha vida, nem a quantidade de dias a que escrevo. Gostava de escrever mais que dois dias, mas infelizmente até os dois dias se tornam complicados, pelo menos até ganhar uma capacidade de organização superior à que tenho agora (hei-de conseguir, mas ainda estou na fase de adaptação à cidade nova, à nova etapa da vida e afins) e por isso acho que faz todo o sentido reduzir a quantidade mas aumentar a qualidade. Vou fazer então uma publicação semanal, que sairá sempre à sexta-feira e assim se manterá até ao final de dezembro, pelo menos. Em relação à dinâmica do blogue, é possível que crie um canal de vlogues para ajudar essencialmente a tornar os posts sobre as minhas viagens mais interessantes e apelativos. Contudo, ainda está tudo em "águas de bacalhau", como se costuma dizer pela minha vila. 

E por último, mas não menos importante, OS TEMAS!! Sim, leram bem, vou continuar a falar de viagens. É uma coisa que me dá imenso prazer fazer, planear e aproveitar - e um dos temas que acho mais interessantes; a maioria das pessoas que sigo nas redes sociais são pessoas que viajam muito e têm muitos sítios novos para partilhar. Quero ser algo desse género para vocês, que estão agora a ler isto (se é que alguém está). Para além das viagens, e como boa aluna de LLC que sou, a literatura continuará a estar presente por aqui e planeio manter a minha promessa de ler dez livros até dezembro (por lazer) e vou em quatro - agora com a faculdade é mais complicado, mas vou conseguir! :) 

Outro tema que não vai deixar de estar presente é a moda; moda e beleza, sim. Apesar de não me considerar nenhuma "It girl" é um tema que me fascina e penso que seja uma área que até domino bem...vamos ver como corre nesse aspeto. 

E pronto; aqui está a nossa conversa. Também foi um desabafo: precisava de escrever isto. E, como não pode deixar de ser, vemos-nos na próxima sexta com conteúdo fresquinho. Beijinhos apertadinhos. 






1 comentário: